E se você tivesse que fazer uma única coisa para ser feliz? A ciência te diz o que é!

22.11.2016

Todo mundo quer ser feliz, isso é fato.

Há séculos grandes pensadores, filósofos, líderes espirituais e a população em geral tentam encontrar a receita da felicidade.

E se, finalmente, a gente soubesse os ingredientes? Ou ao menos um essencial nessa receita? Você acrescentaria ele em sua vida? Mesmo???

Pois bem, esse ingrediente mágico foi justamente o que os cientistas descobriram!

 

 

 

 


Num dos experimentos mais longos da história da ciência, os pesquisadores acompanharam a vida de um grupo de pessoas por 75 anos. Sério, a cada ano -- durante 75 anos! -- os pesquisadores avaliavam a saúde física, mental e a rotina dessas pessoas com o intuito de compreender o que fazia as pessoas saudáveis e felizes, verdadeiramente felizes.

Não, o estudo não estava centrado em uma felicidade passageira (ou hedônica, como é denominada essa sensação deliciosa de prazer que sentimos quando algo muito gostoso acontece, mas que rapidamente desaparece), mas sim uma felicidade permanente, um traço de felicidade que perdurasse ao longo do tempo.

O estudo foi conduzido pela Harvard University e acompanhou a vida de 724 homens. Desses, cerca de 60 ainda estão vivos na casa dos 90 anos de idade. Robert Waldinger, médico psiquiatra, psicoterapeuta e diretor atual do estudo, está também acompanhando cerca de 2.000 descendentes (filhos e filhas) dos participantes originais.

Mas, afinal, qual o ingrediente mágico?

A partir do estudo, os pesquisadores descobriram que o que fazia a diferença para uma vida verdadeiramente feliz -- controlando todas as outras variáveis como situação socioeconômica, doenças e etc -- era ter bons relacionamentos.

As características dos bons relacionamentos não estão relacionadas à quantidade de amigos ou viver entre uma multidão de pessoas diariamente. O estudo mostrou três características principais dos "bons relacionamentos" que estavam relacionadas com felicidade e maior expectativa de vida:

1- Relacionamentos próximos
Se sentir solitário, mesmo tendo vários amigos, colegas, uma família grande ou estando em um relacionamento afetivo era preditor de menor felicidade.
Ou seja, o importante é manter contato próximo e real nos seus relacionamentos.

2- Qualidade (não quantidade) de relacionamentos
Aqui os dados são curiosos! Para pessoas na faixa dos 20 anos, o estudo mostrou que a quantidade de amigos era importante, mas a partir dos 30 anos, a qualidade das relações se tornou o fator preditivo mais importante para a felicidade. Assim, parece que a partir dos 30 anos, mesmo nos tornando mais seletivos nos relacionamentos, esse poucas -- e boas -- relações são suficientes para nos proporcionar felicidade.

3- Casamentos estáveis e apoiadores
Pessoas que permanecem casadas sem grandes conflitos e sentem seu companheiro (ou companheira) como uma figura de apoio tendem não apenas a ser mais felizes, como vivem mais e melhor! Casamentos saudáveis estão relacionados inclusive com redução de prejuízo cognitivo esperado no envelhecimento, além de aumento de expectativa de vida.

Agora você já sabe o ingrediente mágico para uma vida feliz. Vale lembrar que a construção de relacionamentos próximos, com parceiros ou amigos apoiadores, e que sejam estáveis ao longo do tempo não é uma tarefa que exija pouca atenção. É essencial ter tempo e dedicação para oferecer apoio para poder receber apoio ao longo do relacionamento.

Lembre-se: um relacionamento é uma via de mão dupla!

Se você quiser saber mais sobre o estudo original -- os detalhes, os resultados, os artigos científicos publicados (em inglês) -- entre no site da pesquisa: http://adultdevelopment.wix.com/harvardstudy

Se você é do tipo que prefere ouvir alguém te contando os resultados (e já com legendas em português!) acesse a deliciosa apresentação do Dr. Robert Waldinger no TED no link a seguir:
http://www.ted.com/talks/robert_waldinger_what_makes_a_good_life_lessons_from_the_longest_study_on_happiness#t-43057

E 'bora construir e manter relacionamentos saudáveis! Afinal, mais do que dinheiro e fama, são os relacionamentos que te farão felizes :)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Clean Grey
  • LinkedIn Clean Grey

© 2017 por Larissa Zeggio. Todos os direitos reservados

Escreva uma mensagem clicando no botão ao lado